fbpx

5 dicas para ficar em dia com o bolso em 2022

Início de ano é um momento propício para rever metas e tomar as decisões necessárias para realizar as mudanças que nos encorajamos há tempos. 

Entre elas, é uma oportunidade para cuidar melhor da vida financeira, não é mesmo?  

Por isso, nós da Confebras, separamos algumas reflexões e dicas práticas para você conviver de forma mais tranquila e amigável com o dinheiro! 

São pontos de atenção que Marcio Nami, economista comportamental, trouxe em um dos webinars do Projeto ConectCoop do ano passado.  

O especialista conversou sobre a educação financeira na construção de um amanhã melhor, na abertura das comemorações do Dia Internacional das Cooperativas de Crédito (DICC). O evento online, disponível para você conferir na íntegra em nosso canal do YouTube, teve a participação do vice-presidente da Confebras,  Luiz Lesse. 

1. Educação financeira gera autonomia: Marcio Nami destacou que os indivíduos e sociedades educados financeiramente são aptos a acreditar e desenvolver seus projetos. Formação, informação e busca por maturidade financeira, na visão do economista, fazem as pessoas menos dependentes de opiniões e fontes externas, desenvolvendo clareza para atingir sonhos a partir de um planejamento adequado. 

2. O tempo de investir é agora: esse é outro lembrete importante trazido pelo expert em economia comportamental. Nami menciona que costuma ser perguntado sobre qual o melhor investimento, mas destaca que o foco deve ser em começar o quanto antes, independente da modalidade. É uma conduta que leva as pessoas à percepção positiva do dinheiro trabalhando para elas. 

3. Finanças não deve ser um assunto tratado como tabu: um dos ganhos que Nami vê, a partir de momentos de crise econômica como o da pandemia, é o fato de o relacionamento com o dinheiro se tornar um assunto mais relevante e rotineiro. Cooperativas que ofereceram programas de educação financeira aos familiares de colaboradores ou cooperados saíram na frente em 2021. Certamente, ações que repercutirão no longo prazo, gerando maturidade para tratar o tema. 

4. Estabeleça boas práticas: a forma de lidar com o dinheiro é um ponto muito importante e que precisa de atenção. Nesse sentido, como também menciona Marcio Nami, educação financeira é um diferencial competitivo. Isso porque os indivíduos estarão melhor preparados para lidar com momentos de retração e os ciclos naturais da economia. 

5. Aposte na cooperação: quando se fala na adaptação a tempos de intensas e constantes mudanças, como o que vivemos, modelos econômicos como o cooperativismo são verdadeiros promotores de prosperidade. Os valores humanistas e as vantagens em termos de custos, como serviços a preços justos e taxas de juros atrativas sem visar o lucro, estão entre os destaques de um movimento econômico que só cresce. Estima-se que sejam abertas 1.300 agências cooperativistas em 2022, gerando 13 mil postos de trabalho. 

 

Gostou dos conselhos para botar o pé numa vida financeira mais equilibrada?

Agora é só aplicar as dicas e colher os bons resultados! Feliz 2022! 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS