Escolha uma Página

Com um layout mais moderno, funcional e intuitivo, o BureauCoop foi assunto de um episódio do ConectCoop Webinar da Confebras. Sob o tema “BureauCoop: em uma única fonte, os dados do Cooperativismo de Crédito brasileiro”, o presidente da confederação, Kedson Macedo, foi o anfitrião do evento, e teve como convidado o Chefe Adjunto do Departamento de Monitoramento do Banco Central, Gustavo Martins dos Santos.

O webinar iniciou com uma explanação do presidente sobre o BureauCoop. Foram apresentados o rol de dados financeiros disponibilizados na plataforma, as ferramentas de busca e as novas funcionalidades lançadas nesta versão atualizada, que contempla uma série histórica de números dos últimos cinco anos e um mapa interativo com os postos de atendimento do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC).

“O BureauCoop traz um conjunto de informações organizadas de forma simples, didática e interativa, disponibilizadas regularmente pelo Banco Central. Reunimos e apresentamos esses dados utilizando a solução de Business Intelligence, com o objetivo de torná-los mais acessíveis para toda a sociedade brasileira”, aponta Kedson.

Captação de informações pelo BC

Na sequência, o presidente convidou Gustavo Martins dos Santos a explicar como é captado todo esse arsenal de dados pelo BC. Santos informou que há um processo formal de coleta das informações diretamente com as instituições supervisionadas que, ao chegarem ao Banco Central, são tratadas, passando por curadoria para integridade dos dados, para então serem utilizadas no monitoramento, com total respeito aos requisitos de sigilo.

“Vocês, do cooperativismo, são as melhores pessoas para entender como trabalhar esses dados e distribuir para o leitor interessado em conhecer melhor o segmento. Portanto, o BureauCoop é uma iniciativa muito importante. Sabemos que existem outras, mas, no âmbito do cooperativismo, acredito que nenhuma tem o tamanho dessa ferramenta. E o BC incentiva que o mercado utilize esses dados da melhor forma possível”, acrescenta.

Evolução do cooperativismo em números

Na sequência do evento, o presidente da Confebras destacou números que considera fantásticos, acerca do setor cooperativista, tendo por base dados recentemente divulgados pelo BC, referentes aos resultados de 2020.

“Chegamos a 12,8 milhões de associados, dos quais 10,9 milhões são PF e mais de 1,8 milhão são PJ. Houve um crescimento de associados superior a 10%. A carteira de crédito das cooperativas, comparada a 2019, fechou acima de 36% de evolução, só de PJ foram mais de 52%”, analisa Kedson Macedo.

No que diz respeito ao volume de depósitos, como também observou Macedo, a evolução foi superior a 46%. “Os ativos, nesse período, cresceram 437%, enquanto as operações de crédito aumentaram em 431% e os depósitos 519%. São números que mostram a pujança do Cooperativismo de Crédito, que mantém a maior rede de atendimento do Sistema Financeiro Nacional, com 6.485 postos”, afirma.

Novos cenários e futuro do cooperativismo

Caminhando para o encerramento do webinar, a conversa foi pautada pelo atual cenário do Cooperativismo de Crédito, os impactos das cooperativas nas comunidades e de mudanças como a transformação digital. Como uma forma de sintetizar o momento de troca de ideias e reforçar a importância do BureauCoop e do segmento cooperativista, o presidente da Confebras, Kedson Macedo, destacou “Realmente o cooperativismo está crescendo muito mais do que os demais segmentos do Sistema Financeiro. Mas para que continue e aumente este crescimento é importante não esquecer de suas raízes e princípios, porque esse é o nosso grande diferencial”.

Assista abaixo ao episódio do ConectCoop Webinar, sobre o BureauCoop.

Inscreva-se no canal da Confebras no YouTube.