Escolha uma Página

Pioneira e única no Cooperativismo Financeiro, a Editora Confebras lança no dia 12 de novembro o livro digital “Gestão e Análise de Crédito nas Instituições Financeiras Cooperativas”, do consultor e líder cooperativista Euder Antônio Lopes. O lançamento abre o segundo dia do 3º Fórum Integrativo Confebras Digital, às 9h30, e a obra será comercializada pela Editora Confebras. O evento é uma experiência inédita, 100% online e gratuita, que vai reunir os principais líderes e gestores do Cooperativismo Financeiro brasileiro e palestrantes especialistas nas áreas de Transformação Digital, Inovação, Criatividade, Tecnologia, Gestão do Conhecimento e Design Thinking. Programado para os dias 11 e 12 de novembro, o evento pretende contribuir para a construção de um mindset orientado às novas oportunidades do mercado do Cooperativismo Financeiro.

Euder concedeu uma entrevista exclusiva para a Confebras contando sobre o livro, a importância do olhar para o futuro no Cooperativismo de Crédito e os desafios impostos pelo contexto transformador no qual temos vivido. Confira! 

1- De que trata o livro “Gestão e Análise de Crédito nas Instituições Financeiras Cooperativas”?
E.A.L: Este livro nasceu da oportunidade de apresentar uma opção bibliográfica que abordasse o tema da “Gestão e Análise de Crédito” sob a ótica das instituições financeiras cooperativas. Ali estão reunidos os conceitos e as melhores práticas relacionadas ao macroprocesso de concessão de crédito, abordando desde a entrevista para o acatamento das propostas, passando pela realização das visitas técnicas, defesa do pleito, análise de viabilidade técnica, formalização e liberação do crédito ao cooperado. Também são abordados os aspectos de efetividade e eficácia das garantias reais e pessoais em processos de cobrança e recuperação de crédito. Por fim, ainda há a inserção de um artigo sobre o papel das novas tecnologias dentro da gestão do risco de crédito nas instituições financeiras cooperativas.

2- Um novo olhar para o futuro do Cooperativismo de Crédito é o tema do 3º Fórum Integrativo Confebras Digital. Na sua opinião, qual é o futuro que o setor deve olhar daqui para frente?
E.A.L: Sem dúvida, a transformação digital é um fenômeno que veio para ficar, e na minha opinião, se bem aproveitado, irá potencializar as vantagens competitivas que o Cooperativismo de Crédito já possui na sua essência, pelo fato de o modelo de negócio pressupor o foco no cooperado. As instituições financeiras cooperativas podem (e devem) transformar a vida financeira dos cooperados para melhor, por meio de soluções financeiras adequadas às suas reais necessidades, utilizando para tanto as soluções tecnológicas que dinamizem o seu relacionamento e contribuam para o desenvolvimento sustentável das comunidades onde atuam.

3- A Editora Confebras é pioneira e única na disseminação do conhecimento acerca do Cooperativismo de Crédito. Na sua opinião, de que maneira o setor é beneficiado com essa iniciativa?
E.A.L: A Editora Confebras tem um papel fundamental no processo de desenvolvimento do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC). Através das publicações, todos os envolvidos e interessados pelo modelo cooperativista de crédito têm a oportunidade de conhecimento, clareando o caminho dos líderes e operadores deste mercado que está em plena ascensão.

4- Já vivendo o que há pouco alguns chamavam de “novo normal”, qual o desafio do Cooperativismo de Crédito diante deste contexto inesperado e transformador?
E.A.L: Na minha modesta opinião, esse jargão chamado “novo normal” significa na verdade uma oportunidade única para o cooperativismo demonstrar o seu valor para a sociedade como um todo. A partir disso, as pessoas estão revendo muitos de seus valores e crenças e os princípios do cooperativismo são aderentes às necessidades humanas no mundo contemporâneo pós-pandemia. Neste sentido, as cooperativas podem aproveitar do até então “desconhecimento do cooperativismo” para experimentar e nunca mais sair deste movimento que ainda tem muito para crescer dentro do Brasil.

Sobre o autor
Euder Antonio Lopes tem MBA em Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria pela FGV – Fundação Getúlio Vargas. Possui especialização em Cooperativismo “Agente de Desenvolvimento em Cooperativas – Opera” pelo Centro de Pós-Graduação Newton Paiva/Belo Horizonte. É graduado em Administração de Empresas na FESP-UEMG/Campus de Passos. Realizou intercâmbio internacional como formação complementar ao curso de Pós-Graduação em Cooperativismo, através de visitas técnicas em 21 entidades cooperativas europeias sediadas na Espanha, Alemanha e Itália. Atua há mais de 10 anos junto ao ramo de cooperativas de crédito, onde já foi conselheiro fiscal e superintendente executivo do SICOOB CREDIALTO – CCLA, gerente de Negócios e de Agência da CCLA do Sudoeste Mineiro e Nordeste Paulista – SICOOB NOSSOCRÉDITO. É empresário do ramo de educação e presta serviços de consultoria, instrutoria, assessoria e elaboração de projetos técnicos, com foco especializado no cooperativismo.