Escolha uma Página

A crença de que a educação financeira começa na infância e deve ser incentivada pela família está por trás do Projeto CooperaEduca em Casa, desenvolvido pela Confebras. Nesse período de atividades escolares em formato predominantemente domiciliar, os materiais educativos especialmente desenvolvidos para as crianças entre 6 e 12 anos estão disponíveis, em nossa plataforma on-line, permitindo que pais e filhos estudem juntos.

É o caminho da formação de indivíduos mais prósperos e hábeis no gerenciamento de sua vida financeira. Os conteúdos do CooperaEduca em Casa buscam respeitar as fases do desenvolvimento infantil e, por isso, foram divididos em duas categorias: uma comportando as crianças entre 6 e 8 anos e outra focada na faixa etária entre 9 e 12 anos.

Recentemente, nosso blog falou mais sobre os materiais para pimpolhos de até 8 anos. Agora, o foco será a turminha da faixa etária que vai dos 9 aos 12 anos. É uma fase marcada pela consolidação de aprendizados. A criança fortalece o pensamento lógico e se torna hábil a abstrações cada vez mais complexas. No mesmo sentido, as relações interpessoais se desenvolvem, assim como a autopercepção, com o indivíduo mais apto a identificar e a assimilar pensamentos e sentimentos.

Um momento especial para o aprendizado

É, portanto, um momento especial para o domínio de operações financeiras mais complexas, pelo aprimoramento da capacidade de abstração e aplicação de conhecimento em diferentes contextos e cenários. Um excelente momento, também, para compreender os bons resultados que a conduta financeira equilibrada terá para o futuro da criança.

Por isso, a parte 2 dos conteúdos do projeto CooperaEduca em Casa também aprofunda conhecimentos, aproveitando essa fase mais madura do potencial de aprendizado infantil. Confira o resumo dos conteúdos para essa faixa etária:

  • Livreto “Tirando de Letra”: o grupo de amigos que, na parte 1 do CooperaEduca em Casa, criou sua pequena cooperativa, precisa fazer um trabalho escolar. Os temas são cooperativismo e educação financeira que, no livreto, são expostos de forma clara e adaptada ao perfil da faixa etária, possibilitando que as crianças dominem e apliquem esses conceitos, inclusive com um conjunto final de exercícios de fixação.
  • Vídeo Cooperar e Poupar também é coisa de criança – Parte 2: a amizade e parceria na condução do trabalho escolar são traduzidos para o vídeo. É uma forma divertida e criativa de sistematizar os conceitos aprendidos pelo grupo de amigos, que também desenvolvem a logomarca de sua cooperativa, com base no símbolo do cooperativismo.

Aproveite, você também, os conteúdos desenvolvidos pela Confebras, para desenvolver consciência e habilidade na gestão financeira, desde cedo, com seus filhos.

 

Acesse o CooperaEduca em Casa