Dia da Consciência Negra: a visão de Stacey, líder cooperativista norte-americana

Mais do que uma data a ser celebrada, o Dia Nacional da Consciência Negra convoca toda a sociedade a pensar e agir para combater o racismo estrutural, além de provocar quanto à construção de políticas antirracistas nas instituições públicas e privadas do Brasil.  

Esta busca por maior igualdade, equidade e inclusão está na essência do cooperativismo e tem norteado diversas iniciativas por todo o país. É necessário manter o tema em permanente discussão dentro das cooperativas financeiras a fim de disseminar mais ações para reduzir a desigualdade racial e afastar o racismo velado. 

Por isso, no último dia 20 de novembro – data de morte de Zumbi dos Palmares em 1695, escolhida como Dia da Consciência Negra no Brasil -, a Confebras traz uma mensagem inspiradora de uma líder expressiva do movimento das cooperativas de crédito nos Estados Unidos. Diretora do Conselho XCEL Cooperativa de Crédito Federal, Stacey Walker compartilha a seguir sua visão de como o Cooperativismo de Crédito brasileiro pode contribuir para a construção de uma sociedade mais igualitária:  

“É uma honra cumprimentá-los durante o Mês da Consciência Negra. É uma data bem parecida com o mês da História Negra, que ocorre em fevereiro nos Estados Unidos. Cada registro permite à respectiva sociedade deter, destacar e homenagear aqueles que moldaram a história. O Mês da Consciência Negra começou como um dia de reverência a Zumbi dos Palmares, herói nacional que lutou pela igualdade. Em homenagem a um líder que agiu por sua comunidade, o Mês da Consciência Negra também deve ser um momento para agir com base nas metas de diversidade, equidade e inclusão para todos.  

Durante o Mês da Consciência Negra, as cooperativas podem fazer mais do que apenas falar sobre história; elas também podem moldar o hoje, que cria história a cada manhã que passa. A história está sendo feita agora, então não é apenas uma coisa do passado. A jornada para a construção de uma sociedade mais diversificada e igualitária está no futuro criado hoje.  

Para alinhar as ações com os objetivos, as cooperativas devem aderir aos princípios norteadores. Os sete princípios cooperativos são: adesão voluntária; controle democrático; participação econômica dos membros; autonomia e independência; educação, treinamento e informação; cooperação entre cooperativas; e preocupação com a comunidade. Em essência, as cooperativas são baseadas nos valores de autoajuda, autorresponsabilidade, democracia, igualdade, equidade e solidariedade. As cooperativas têm de alinhar as ações a esses valores e não há melhor momento do que agora.  

Como as cooperativas podem celebrar o Mês da Consciência Negra com ações adequadas para incorporar diversas vozes? Abaixo estão algumas sugestões:  

  • Equipar os membros com ferramentas para tomar decisões que os ajudarão a ter sucesso. Organize seminários laborais para abordar questões e taxas relacionadas ao desemprego. Promova a literatura financeira e ensine os membros a economizar para superar a falta de garantias.  
  • Apoiar negócios de propriedade de negros. Destaque os fornecedores negros que fornecem itens ao longo do ano. Exiba pinturas criadas por artistas negros da comunidade.  
  • Parceria com organizações que lutam por justiça social. Defenda líderes individuais em ONGs que dedicaram suas carreiras a empoderar os negros. Forneça bolsas para escolas em comunidades onde o recrutamento de educadores de qualidade é difícil.  

Deixe o Mês da Consciência Negra sinalizar um momento para ação cooperativa. A ação requer o alinhamento com as questões da comunidade, o desenvolvimento de estratégias de interseção e a criação de oportunidades para o bem-estar financeiro. A ação cooperativa muda vidas e essa é a essência fundamental do Mês da Consciência Negra. Desejamos um Dia/Mês da Consciência Negra educacional, viável e significativo!” 

 

Sobre a XCEL Cooperativa de CréditoFederal  

Fundada em 1964 pelos funcionários da Autoridade Portuária de NY/NJ, a XCEL Cooperativa de Crédito Federal (XCEL Federal Credit Union) atende indivíduos, famílias e empresas em Nova York, Nova Jersey e em todo os EUA. Desde a sua fundação, há 50 anos, tornou-se uma cooperativa de crédito de serviço completo com mais de US$ 190 milhões em ativos e atendimento a mais de 18 mil membros. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS