fbpx

Plenária do CECO destaca o papel fundamental do Cooperativismo de Crédito na economia

O Cooperativismo de Crédito desempenha importante papel socioeconômico no enfrentamento à Covid-19 e se revela como um importante vetor na retomada da economia. Esses foram apontamentos e análises presentes na Reunião Plenária do Conselho Consultivo Nacional do Ramo de Crédito (CECO). O evento foi transmitido ao vivo, no dia 13 de maio, pelo canal do Sistema OCB no YouTube.

“As cooperativas de crédito tiveram um excelente papel na operacionalização dos programas governamentais, principalmente no Pronampe. Na retomada do crescimento econômico do País, que vai se acelerar a partir do segundo semestre, vão continuar tendo destaque”, afirmou o diretor de Fiscalização do Banco Central, Paulo Souza, um dos participantes da conferência online.

Como representante da Confebras, eleito Presidente do Conselho de Administração para o biênio 2021 – 2023, Moacir Krambeck, foi uma das autoridades que marcou presença no evento virtual. A plenária reuniu parlamentares e lideranças do movimento, para um momento de prestação de contas e apresentação do plano de trabalho do órgão, no decorrer de 2021.

Entenda o CECO

O CECO é um braço consultivo do Conselho de Administração da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Com uma atuação pautada em duas frentes, a de coordenação e a técnica, tem como principal missão defender a agenda estratégica do Cooperativismo de Crédito junto ao setor público, em suas diversificadas vertentes. Seu coordenador, Marco Aurélio Almada, apresentou as ações realizadas em 2020 e os planos para esse ano, durante a plenária virtual.

A atuação em 2020

Em se tratando da prestação de contas do ano passado, os pontos de destaque foram:

  • A apresentação do PLP 27/2020, que moderniza a Lei Complementar 130/2009 teve total protagonismo, propondo novidades importantes para a estruturação do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo;
  • A proposição, ao Banco Central do Brasil (BCB), de medidas emergenciais para o enfrentamento da crise instaurada pela pandemia. Diversas ações foram, inclusive, implantadas pelo BCB, com a participação de outros órgãos econômicos;
  • Também foram implementadas ações de comunicação com foco em unificar a imagem e ampliar a representatividade do movimento C, num esforço conjunto entre as diversas frentes. Foi uma forma de reforçar a presença do setor junto à sociedade brasileira;
  • Houve participação deliberada e coordenada do CECO no Conselho Deliberativo do Open Banking, que é o órgão responsável pela implementação do sistema no Brasil;
  • Com o registro da Cresol, passou a estar integrado ao Sistema OCB e ao Conselho Consultivo Nacional do Ramo de Crédito, o único sistema cooperativo de três níveis não representado até então;

Por fim, o coordenador do Conselho sintetizou o trabalho realizado na área regulatória. Nesse sentido, o Conselho atua tanto promovendo avanços em questões que impulsionam a atuação das cooperativas, como impedindo possíveis instrumentos legais que prejudiquem o movimento. Um trabalho que envolve proposições e monitoramento de discussões e pautas do Parlamento, dos Tribunais Superiores e também de outros órgãos reguladores oficiais.

A agenda de 2021

Os planos de ação, para o decorrer desse ano, têm uma pauta alinhada ao documento de Diretrizes Estratégicas do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo. É um guia que estabelece norte de atuação para o setor até 2022. A atuação do CECO estará focada nos quatro eixos abordados a seguir:

  • Competitividade: com prioridade para o processo de implementação do Open Banking pelas cooperativas de crédito;
  • Comunicação: buscando a integração da imagem do movimento cooperativista e também estimulando a realização de ações conjuntas, em momentos como o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito;
  • Regulação e Legislação: se seguirá acompanhando de perto as discussões parlamentares e a atuação de tribunais e instâncias públicas reguladoras em questões de interesse para o Cooperativismo de Crédito;
  • Intercooperação: promovendo a participação das cooperativas de crédito no projeto de integração e divulgação dos produtos e serviços das cooperativas brasileiras, liderado pela OCB.

Autoridades presentes:

Veja algumas das personalidades participantes da Plenária do CECO:

  • Deputado Evair de Melo (presidente da Frencoop);
  • Domingos Sávio (vice-presidente da Frencoop);
  • Paulo Souza (diretor de Fiscalização do Banco Central);
  • Márcio Lopes de Freitas (presidente da OCB);
  • Deputado Arnaldo Jardim (representante do Ramo Crédito na Frencoop).
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS