Projeto CooperaEduca ganha visibilidade nacional

Neste domingo, dia 26, o CooperaEduca, projeto da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito – Confebras voltado ao público infanto-juvenil, ganhará espaços na mídia televisiva nacional. Uma reportagem exclusiva foi produzida pelo programa Tribuna Rural, exibido aos domingos pela Band Brasília (TV aberta), às 8h30 (após veiculação na TV a matéria ficará disponível no site do Tribuna Rural) e pela TV Climatempo Bio (TV por assinatura) às 10h. A matéria será veiculada também na segunda-feira (27/04) na TV Coop, no site da Fecoagro Santa Catarina.  

Lançado pela Confebras em 2012, o CooperaEduca tem o objetivo de disseminar a educação cooperativista e financeira para crianças na faixa dos 6 aos 12 anos e já atingiu um público de mais de 80 mil estudantes do ensino fundamental. As ações têm sido aplicadas pelas cooperativas de crédito, filiadas ou não à Confederação, em escolas, creches e comunidades de vários Estados brasileiros.

Uma das Centrais mais atuantes do Projeto é a Ailos, no Sul do País. Somente em 2019, a Central promoveu 409 eventos do CooperaEduca reunindo 10.360 participantes, além de 174 eventos com um público de 27.531 participantes para marcar o Dia da Criança – ação do Coopera Criança, com várias programações de lazer, incluindo a divulgação dos materiais didáticos. “O programa tem várias atividades como vídeos, cruzadinhas, sem falar nos personagens, que cativam as crianças”, elogia a analista de Relacionamento com o Cooperado do Sistema Ailos, Ana Luisa Correia Kienen.  

Com metodologia de fácil absorção, o projeto fornece orientações aos estudantes para a construção de um pensamento financeiro consciente e saudável. Sua forma de aplicação proporciona o conhecimento também para os pais, familiares e amigos, pois as crianças passam a ser multiplicadoras do saber e influenciadoras. “Nesse momento de isolamento social, no qual as crianças estão em casa, o conteúdo do CooperaEduca é um excelente instrumento para educar os filhos na área financeira”, avalia o presidente da Confebras, Kedson Macedo.

Por fim, Macedo recomenda que as cooperativas interessadas e que ainda não implementaram a metodologia, entrem em contato com a Confederação para assinar o convênio e assim ter acesso aos materiais – filmes, jogos, cofrinhos, livretos e o caderno do mediador. 

Data da publicação: 24/04/2020

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS