5 motivos que retratam a importância de conhecer o melhor do cooperativismo financeiro internacional

Até o final de 2017, mais de 160 profissionais terão conhecido o cooperativismo financeiro internacional direto de fontes renomadas pelos intercâmbios da Confebras. No período de 20 a 29 de outubro, uma excelente oportunidade está aberta para você ir à Alemanha estudar em um dos sistemas cooperativistas financeiros mais expressivos do mundo. Se há interesse, apresse sua reserva, as vagas são limitadas.

Apegar-se às obras literárias faz sentido quando se deseja aprender conhecimentos específicos, em que muitas vezes a referência vem de fora. Não desmerecendo a leitura como o melhor exercício da mente – o que de fato é –, as viagens para destinos internacionais são uma fonte única e especial de conhecimentos e têm um quê de memoráveis, pois são as boas experiências que tocam o coração-intelecto, ou seja, fazem emocionar e raciocinar.

É pelos roteiros educativos ou históricos desenvolvidos pela Confebras que os viajantes obtêm um enriquecimento imensurável da consciência corporativa, com a capacidade de dar vida a tudo que foi lido em livros que versam sobre diversos temas.

Os cases cooperativistas financeiros dos países mais desenvolvidos, sem dúvida, são exemplos que a Confederação prima em apresentar com mais profundidade aos profissionais brasileiros do setor. Ofertar contínuas oportunidades para mais líderes mergulharem nas arenas do cooperativismo financeiro internacional, essa é a premissa principal dos intercâmbios Confebras.

O estilo “high coop” de realizar intercâmbios cooperativos exige que os participantes agreguem diferentes tipos de experiências. Assim, separamos cinco dos muitos motivos que justificam o embarque em viagens para estudos cooperativistas internacionais. Acompanhe com a gente:

  1. Nada de conhecimento raso. Indo para fora, você conhecerá, como nunca havia imaginado, cada detalhe do modelo cooperativo financeiro dos países mais desenvolvidos: Não há nada que uma visita técnica não possa esclarecer sobre o funcionamento de uma instituição cooperativista financeira. A Confebras mantém parceria com instituições cooperativistas renomadas da Alemanha, Canadá, Inglaterra, Holanda, Estados Unidos e recentemente na América do Sul (Cone Sul). E a partir dessa ponte estabelecida, proporciona o compartilhamento de conteúdo que só é possível obter diretamente da fonte.
  1. Observar e interagir com outras culturas: Já pensou em viver experiências que durem pouco mais de uma semana em plena interação com outra cultura? Experimentar maneiras até então desconhecidas de sentir o mundo é o jeito mais produtivo de enriquecer o intelecto. Com a Confebras você poderá experimentar gostos, cores, jeitos, condutas, roupas, educação, enfim, peculiaridades das nações da Europa e das Américas.
  1. Praticar outras línguas: Se você já “arranha” algum idioma estrangeiro, é nessas oportunidades que poderá praticar com mais intensidade o seu repertório e conjugar o que sabe para se comunicar no exterior. Afinal, a melhor escola é a prática na prática.
  1. Estabelecer network: Em cada viagem você encontrará pessoas que compartilharão experiências que podem fazer a diferença em suas futuras ações. Da mesma forma, o seu compartilhamento de ideias pode melhorar a trajetória de alguém.
  1. Experimentar a culinária internacional: Nesse sentido, o seu paladar agradece pelos novos sabores que conhecerá. As particularidades de cada país ou farão você se apaixonar ou valorizar ainda mais a culinária brasileira. Vale muito vivenciar essa parte da viagem.

Ficou claro que conhecer empiricamente os renomados Sistemas cooperativistas financeiros dos países europeus e americanos agrega particular contribuição à carreira e ao desenvolvimento pessoal dos profissionais do setor em atividade no Brasil.

Durante o segundo semestre de 2017, a Confederação realizará cinco viagens de intercâmbio, sendo que quatro delas já estão com suas comitivas fechadas e prontas para partir.  Porém, a segunda viagem do ano para estudos cooperativistas na Alemanha, agendada para a última semana de outubro, está com as vagas abertas, mas limitadas.

Saiba mais sobre essa oportunidade de estudar na ADG – Akademie Deutscher Genossenschaften (Academia das Cooperativas Alemãs) e conhecer de muito perto o funcionamento cooperativista financeiro da Alemanha. Entre em contato com a Confebras pelo e-mail: intercambio@192.168.10.13 ou pelo telefone 61 3323-2335.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS