Cresol Sicoper realiza treinamento para iniciar operacionalização com o BNDES

Atividade reuniu funcionários de todas as cooperativas afiliadas

Mais um importante passo foi realizado pela Central Cresol Sicoper nesta quinta-feira, 1º de dezembro, para dar início às contratações de crédito agrícola com o BNDES. Foi realizado um treinamento que visou apresentar informações relacionadas ao âmbito operacional do crédito agrícola, bem como o formato de contratação das operações via BNDES, em especial a linha Pronaf Custeio. A atividade foi realizada em Passo Fundo – RS, e envolveu cerca de 80 participantes entre dirigentes e funcionários das Cooperativas Singulares e do Departamento Comercial (DECOM) da Cresol Sicoper, além do Gerente da Área de Operações Indiretas do BNDES, Cassiano Raimundo dos Santos, do Economista do Departamento Regional Sul do BNDES, Rafael Petrocelli, do Assessor da Cresol Confederação, João Luiz Guadagnin, e do Coordenador do Departamento de Crédito da Cresol Central SC/RS, Etileiver Paludo.

Conforme descreve o Diretor Comercial da Cresol Sicoper, Claudio Risson, buscou-se dar aos participantes, em sua maioria assistentes operacionais de crédito das Cooperativas Singulares, uma visão sistêmica em relação ao crédito rural e as políticas internas de crédito, as quais envolvem contratação, controles e monitoramento. “A proposta é manter conformidade e desempenho socioeconômico, o que reflete que o crédito rural possa dar aos associados equilíbrio, desenvolvimento e renda, como também possa manter eficiência para a nossa instituição financeira”, salienta Risson.

Em sua apresentação, Guadagnin abordou o MCR, focando principalmente a correta aplicação do crédito rural e controles, e as responsabilidades da instituição financeira neste fluxo. Destacou, ainda, a necessidade de haver relacionamento com assistência técnica e com os cooperados para qualificar os projetos e atender aos objetivos do crédito rural que são melhorar as condições e a renda dos tomadores de crédito. Já os representantes do BNDES fizeram uma apresentação sistêmica, relatando como é a relação da instituição com os agentes financeiros e os critérios para a operacionalização. Salientaram que o BNDES executa as normas e os programas do Governo Federal, bem como as normas do MCR, e que isso norteia o acompanhamento das operações.

Para o funcionário da Cresol MS, Adriano Antonio Zilles, a atividade foi muito produtiva pela troca de informações e pela percepção do quanto vamos evoluir enquanto instituição com o início das contratações com o BNDES. “A felicidade com que recebemos essas informações e do quanto será importante para agilizar as liberações, permite vislumbrar mais eficiência para que os nossos associados ganhem em competitividade e rentabilidade. No entanto, será preciso fazer um trabalho sério e consciente para que possamos cada vez mais solidificar essa parceria, que é muito vantajosa para a Cresol, seus colaboradores e associados”, finaliza.

O coordenador do DECOM, Maicon Tiago Mistura, descreve que com a participação da equipe do BNDES foi possível aprofundar sobre o formato de acompanhamento do BNDES nos três pilares: jurídico, financeiro e físico. Salienta que a equipe do DECOM está na fase final de ajustes nos sistemas para abertura das contratações, que estão previstas para iniciar na próxima semana.

Assessoria de Comunicação da Central Cresol Sicoper

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS